Loading...
Loading...

Tuesday, February 20, 2007

Quem és tu, Zé Cão?

Estatísticas. Valem o que valem, é certo. Mas que realmente podemos tirar ilações muito interessantes delas, podemos. E, se virmos bem caramba, têm lógica como à (palavrão).
Por exemplo: Que a água do banho de 8 em 10 octogenários, tem o valor nutricional equivalente a uma sopa de alho-francês;
Que há uma percentagem em franca ascensão de explicações inúteis ou que apenas nos deixam na mesma como: "Himenótomo: instrumento para praticar a himenotomia" (Dicionário Universal da Língua Portuguesa, pág. 823);
Que um carro com o espelho retrovisor lateral direito (que circula perigosamente perto dos peões e carros estacionados) riscado, arrancado, estalado, torto, amolgado ou simplesmente (palavrão) e com o espelho retrovisor lateral esquerdo (imprescindível para ultrapassagens e para um bom estacionamento) impecável, limpo, ainda com o código de barras e virado para dentro denunciando a falta de uso, tem à volta de 100% de probabilidades de pertencer a uma mulher;
Que a carne do mamilo da octogenária referida no exemplo nº 1 tem uma constituição em tudo semelhante, quase em 100%, com a carne do cotovelo de qualquer um de nós.
Que uma percentagem de maioria parlamentar segundo Hondt (50%+1) pensariam 2 vezes quando fossem comer pizzas ou pastas a um restaurante italiano, se soubessem que na língua daqueles gentis senhores "morbido" quer dizer suave. Posso prová-lo com uma embalagem de shampô vinda de lá... "morbida delicatezza";
Que uma percentagem razoavelmente acima da média, eu diria na ordem dos 60 ou 70%, dos visitantes deste blog sentem aquela rara e curiosa sensação de leveza e suavidade da cultura, misturada com a ideia de não terem aqui aprendido rigorosamente nada de jeito, ao abandonarem o mesmo.

1 comment:

Disturbed said...

Caro Mascarilha,

Ora todos nós sabemos que uma himenotomia consiste na dissecação de membranas ou uma incisão no hímen... Agora a questão ou questões que poderão surgir já são outras... Será que uma incisão pode ser considerada um rompimento e, nesse caso será que a piloca (aka pénis) é um himenótomo???
E será que nesse caso podemos dizer a alguém quero himenotomar-te???
Ou mesmo adorava dissecar-te as membranas???
Hum... como vez caro Mascarado de Púrpurina ele há coisas que até dão jeito e desta vez não poderás dizer que abandonaste o teu próprio "blogio" sem ter aprendido nada, agora se foi alguma coisa de jeito ou não isso agora deixo à tua consideração... O saber é como a himenotomia não ocupa lugar... aliás até cria mais espaço... Agora que penso nisso...essa merda até deve doer e tudo???